11 tremores de baixa magnitude precederam ruptura em Mariana

Os eventos, de pequena magnitude, ocorreram na região que compreende as cidades de Itabira, Itabirinha e Mariana, disse, num raio de cerca de 100 quilômetros

Brasília – Horas antes da ruptura das duas barragens em Mariana, 11 abalos sísmicos foram identificados na região, afirmou o professor do Observatório de Sismologia da Universidade de Brasília (UnB), George Sand França.

Os eventos, de pequena magnitude, ocorreram na região que compreende as cidades de Itabira, Itabirinha e Mariana, disse, num raio de cerca de 100 quilômetros.

De acordo com o professor, os mais próximos do local do acidente foram identificados às 14h12 e 14h13, com magnitude de 2,5 e 2,7 graus, respectivamente – portanto, duas horas antes do rompimento da barragem. França, no entanto, afirmou que a magnitude dos eventos foi baixa.

“Por si só, esses abalos não podem ser considerados como causa do acidente”, disse. “Eles podem se somar a outros problemas, mas os abalos não foram decisivos.”

Ele observou que obras de engenharia de estruturas semelhantes têm capacidade de suportar tremores com até o dobro de magnitude, 5 graus.

O professor contou que na região não é incomum a ocorrência de pequenos tremores. Em abril, por exemplo, foram identificadas duas ocorrências com magnitude de 2,5 e 3 graus

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s