A esperada reunião do dia 17 chegou

Dentre tantas reuniões e grupos de trabalho montados para dar uma resposta à crise penitenciária no país, uma das mais esperadas acontece hoje. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, receberá os secretários de segurança de todos os estados na tentativa evitar que novos motins e massacres aconteçam. Também devem ser discutidos o cronograma da liberação do dinheiro prometido aos estados pelo governo federal para melhorar o sistema penitenciário e pontos do Plano Nacional de Segurança Pública. Governadores fazem pressão para que o governo envie a Força Nacional para atuar dentro dos presídios, mas o Planalto, até aqui, não aceitou.

De reunião em reunião, muito pouco foi feito na prática para modificar a situação carcerária precária do país até aqui. E não é como se a bomba-relógio não estivesse anunciada, já que problemas entre facções acontecem em presídios do Norte do país pelo menos desde novembro. A reunião de hoje foi marcada no último dia 8, após a rebelião que resultou na morte de 33 presos em Roraima. Nesse meio tempo, um outro grande motim aconteceu.

Nos 17 dias de 2017, já são 134 assassinatos dentro de penitenciárias – foram 372 mortes em 2016 –, os últimos 26 deles no presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. Mesmo com a polícia dentro do pátio do presídio, os detentos dominavam uma ala até a noite de ontem.

Na quarta-feira, é a vez de Michel Temer receber os governadores para tratar do assunto – e também para tentar dividir a responsabilidade sobre o caso. Ontem, ele disse que os cinco presídios federais anunciados na semana passada – ao custo de 40 milhões de reais cada – devem ser construídos até o final do ano (um prazo irreal sob qualquer ponto de vista). O único deles com local definido até agora está previsto para o Rio Grande do Sul.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s