A evolução das propinas

Entre 2006 e 2014, o departamento de propinas da Odebrecht, chefiado por Hilberto Mascarenhas, pagou um total de 3,39 bilhões de dólares em propinas, segundo revelou o portal de notícias O Antagonista. O valor foi revelado em depoimento ao ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral, que investiga repasses ilegais para a chapa Dilma-Temer, na campanha de 2014. De acordo com Mascarenhas, as propinas pagas pela empreiteira, por meio do Setor de Operações Estruturadas, atingiram seu auge em 2013, com pagamento de 750 milhões de dólares, valor 12 vezes mais alto do que em 2006. Abaixo, a evolução dos pagamentos.

!function(e,t,s,i){var n=”InfogramEmbeds”,o=e.getElementsByTagName(“script”),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?”http:”:”https:”;if(/^\/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(“script”);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,”infogram-async”,”//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js”);

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s