Acompanhe as reviravoltas do impeachment de Dilma

Senado começou uma sessão extraordinária para votar requerimento de urgência para levar o processo de cassação do senador Delcídio direto para o plenário

São Paulo — Na manhã desta segunda-feira, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA), presidente interino da Câmara dos Deputados, aceitou um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) e anulou as sessões de 15, 16 e 17 de abril que determinaram a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma RousseffA decisão, no entanto, não foi aceita por Renan Calheiros (PMDB-AL), que a classificou como uma “brincadeira com a democracia“.

Por volta das 19h40, o Senado começou uma sessão extraordinária para votar requerimento de urgência, assinado pelo senador Romero Jucá (PMDB), para levar o processo de cassação do senador Delcídio do Amaral (ex-PT) direto para o plenário. A ideia é decidir o tópico até amanhã para que o senador – que é delator na operação Lava Jato – não participe da votação da abertura do julgamento contra a petista. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s