Como foram os protestos contra o aumento das passagens

O Movimento Passe Livre organizou, nesta sexta-feira, protestos contra o aumento das tarifas de transporte público

São Paulo – O Movimento Passe Livre organizou, nesta sexta-feira, protestos contra o aumento das tarifas de transporte público em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. 

Na capital paulista, o reajuste vale a partir deste sábado, quando as tarifas irão passar dos atuais R$ 3,50 para R$ 3,80. No início da noite, manifestantes se reuniram em frente ao Theatro Municipal e seguiram pelas ruas da região central. Em determinado momento, manifestantes entraram em confronto com policiais. Ônibus, carros e agências bancárias foram depredados por um grupo. 

Já no Rio de Janeiro, onde o valor da passagem passou de R$ 3,40 para R$ 3,80, o ponto de encontro foi na Cinelândia. O grupo seguia pacificamente quando, já no final do ato, às 20h20, um grupo de manifestantes atirou pedras contra policiais, que revidaram com bombas de efeito moral.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s