Adiada para amanhã votação sobre representação contra Cunha

Votação de parecer sobre representação contra o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha foi adiada para amanhã

A votação do parecer do deputado Fausto Pinato (PRB-SP), relator da representação contra o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar foi adiada para amanhã (2), a partir das 14h30.

Durante a tarde e parte da noite de hoje (1º) vários deputados que integram o conselho discutiram o parecer do relator, que defende o prosseguimento das investigações sobre Cunha.

Também na tarde de hoje o advogado de defesa do presidente da Câmara, Marcelo Nobre, pediu o arquivamento da representação por considerar não existir provas contra o seu cliente. O relator afirmou que o parecer preliminar não fala de fatos provados e não trata de mérito, mas recomenda que seja dada continuidade à representação para investigar se Cunha quebrou ou não o decoro parlamentar. 

Durante as discussões, deputados defenderam a aprovação do parecer para que sejam feitas as investigações e outros se posicionaram contra e defenderam o arquivamento da representação. Antes do encerramento da reunião de hoje, o presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), informou que as discussões vão prosseguir amanhã para, em seguida, ser votado o parecer de Pinato. 

Araújo disse que se o parecer for rejeitado pela maioria dos integrantes do conselho, ele nomeará um relator para produzir novo parecer a ser votado pelo colegiado. Em relação ao voto em separado apresentado hoje pelo deputado Wellington Roberto (PR-PB), propondo o arquivamento da representação e recomendando a aplicação da penalidade de censura escrita  ao deputado Eduardo Cunha, o presidente do conselho disse que não o colocará em votação. 

Além da conclusão dos debates e da votação do parecer de Fausto Pinato, consta da pauta do Conselho de Ética a apreciação dos pareceres preliminares referentes à representação relacionada aos deputados Alberto Fraga (DEM-DF) e Chico Alencar (PSOL-RJ). 

A representação contra Eduardo Cunha foi apresentada pelo PSOL e pela Rede Sustentabilidade, por suposta quebra de decoro parlamentar em depoimento à CPI da Petrobras.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s