Alckmin cobra “bom senso” na ocupação do Paula Souza

Durante um evento do setor de supermercados em São Paulo, o governador chamou o protesto de estudantes de "invasão" e disse que é preciso "bom senso"

São Paulo – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, rechaçou que haja um impasse entre o governo e estudantes na ocupação do Centro Paula Souza.

Durante um evento do setor de supermercados em São Paulo, o governador chamou o protesto de estudantes de “invasão” e disse que é preciso “bom senso”.

Os estudantes das escolas da rede estadual de ensino e das ETECs ocuparam o Centro Paula Souza para protestar contra esquemas de desvio de dinheiro da merenda escolar, problemas nas merendas nas ETECs e FATECs e cortes em repasses para a educação.

Questionado sobre qual era a orientação para os policiais no local, Alckmin afirmou que era “paciência”.

Ele minimizou a ocupação, dizendo que ela ocorreu apenas em um prédio administrativo e que não atrapalha o andamento das rotinas da instituição. De acordo com ele, professores estão trabalhando normalmente.

Alckmin considerou ainda que a ocupação “não tem razão” de existir. Ele disse que a reintegração de posse foi pedida à Justiça e que, agora, era necessário contar com o “bom senso”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s