Auditores fiscais e PF rejeitam adiamento de reajuste

Entidades da Receita, do Ministério do Trabalho e policiais federais condenaram a decisão do governo de adiar os aumentos prometidos aos servidores

Brasília – Entidades de servidores públicos repelem o congelamento do salário no funcionalismo federal, anunciado pelos ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa. 

Em nota, entidades que representam os auditores-fiscais da Receita Federal e do Ministério do Trabalho, além dos delegados e peritos da Polícia Federal, condenaram a decisão do governo de adiar os aumentos prometidos aos servidores.

“Ao colocar a conta do desgoverno e do desequilíbrio das contas públicas sobre o ombro dos servidores, o governo federal se exime de fazer a sua parte no ajuste fiscal”, destacou o texto. 

Para os sindicatos, os servidores federais pagarão os gastos decorrentes da má administração.

“É o cúmulo do desrespeito com os servidores do Poder Executivo, novamente, serem chamados a arcar com uma conta decorrente da má gestão e da corrupção, comprovadamente não sendo responsáveis pela crise e não devendo pagar, injustamente, pela mesma”, destacou o comunicado.

Em entrevista à NBR, TV do governo federal, o ministro Joaquim Levy reconheceu que o adiamento dos reajustes do funcionalismo federal foi uma das medidas mais duras do pacote de ajuste fiscal. 

Ele, no entanto, disse que é preciso que o setor público se comprometa com o ajuste fiscal da mesma maneira que o setor privado, que enfrenta a desvalorização real de salários.

A nota dos servidores foi assinada por seis entidades: Associação dos Delegados da Polícia Federal, Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal, Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho e Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s