BNDES faz parceria para melhorar acesso à água no semiárido

Serão investidos R$ 46,8 milhões na construção de 3,4 mil cisternas, sendo 1,7 mil do tipo enxurrada e 1,7 mil do tipo calçadão

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome lançou hoje (31) a segunda etapa da parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para implantação de tecnologias sociais de acesso à água para produção na região do semiárido brasileiro.

O semiárido é um tipo de clima caracterizado pela baixa umidade e pouco volume pluviométrico. Nesta segunda fase, serão investidos R$ 46,8 milhões na construção de 3,4 mil cisternas, sendo 1,7 mil do tipo enxurrada e 1,7 mil do tipo calçadão.

Água das chuvas

Ambas são estruturas que captam a água da chuva para ser utilizada na agricultura e na criação de animais. Também está prevista a construção de bancos comunitários para selecionar e preservar sementes nativas adaptadas ao semiárido.

Segundo informações do ministério, na primeira etapa da parceria foram aplicados R$ 84 milhões.

O semiárido engloba Alagoas, Ceará, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Além dos estados nordestinos, o clima é encontrado no norte de Minas Gerais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s