Câmara aprova projeto que flexibiliza gastos do governo

Para que o texto siga para o Senado, os deputados ainda precisam analisar dois destaques

Brasília – Foi aprovado na tarde desta quarta-feira, 8, na Câmara, em segundo turno, o texto base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2023.

A matéria foi aprovada por 340 votos a 96. Houve ainda uma abstenção.

Para que o texto siga para o Senado, os deputados ainda precisam analisar dois destaques. O primeiro deles, tenta retirar do texto o trecho que faz o efeito da DRU retroagir a 1º de janeiro deste ano.

Se essa definição for retirada do projeto, a desvinculação passaria a valer somente após a promulgação, reduzindo a margem de manejo livre dos recursos para este ano.

O segundo destaque retira a expressão “contribuições sociais” de um artigo do texto. Na prática, a mudança retiraria as contribuições sociais do rol de receitas que poderiam ser desvinculadas pela União.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s