Veja como foi a sessão que cassou o mandato de Eduardo Cunha

Para perder o mandato, Cunha precisa de 257 votos – equivalentes à maioria simples dos 513 deputados.

São Paulo – Após quase 11 meses chegou, enfim, a sessão que definiu o destino político do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB).

Por 450 votos a 10, o peemedebista teve o seu mandato cassado às 23h50 desta segunda-feira (21). Cunha é acusado de possuir contas bancárias secretas no exterior e de ter mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras. 

Com a decisão, ele também perde os direitos políticos até janeiro de 2027.

Veja como foi a sessão. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s