Carreata em Belo Horizonte mobiliza grupos pró-impeachment

Cerca de 100 veículos estavam enfeitados com bandeiras do Brasil

Favoráveis ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff fizeram, neste sábado, uma carreata pelas ruas de Belo Horizonte. Os manifestantes concentraram a partir das 9h na Praça do Papa, no bairro Mangabeiras. A iniciativa foi organizada pelos grupos Vem Pra Rua, Patriotas e Movimento Brasil Livre.

Cerca de 100 veículos estavam enfeitados com bandeiras do Brasil, adesivos, cartazes e pinturas. Frases como “Fora Dilma”, “Tchau querida” e “Dia do impeachment, eu fui” ganhavam destaque.

Segundo a médica e líder do Vem pra Rua, Kátia Pegos, o objetivo dos manifestantes é conscientizar a população. “A carreata nos permite uma melhor mobilidade. E é isso que estamos precisando fazer. Sair de um lugar e ir para outro. E, desde o momento que saímos em carreata, motoristas vão desviando do caminho original deles para aderir. Isso é muito bonito”, diz.

Para Kátia, as pessoas favoráveis ao impeachment devem se contrapor à tese de que há um golpe em curso no país. “As pessoas estão falando em golpe. Para mim, golpe é cometer crime e não ser punido, é cometer estelionato eleitoral. Golpe é tirar dinheiro da saúde e da educação para comprar voto de deputado”, reclama.

Caso Dilma Rousseff seja afastada, a médica explica qual ser a posição do Vem pra Rua em um governo de Michel Temer. “Vamos apoiar enquanto ele estiver fazendo o que é correto, e denunciá-lo e combatê-lo se começar a fazer o que o governo atual está fazendo. Não temos interesse em ser partido, queremos fazer controle social”, finalizou.

O trajeto da carreata incluiu o bairro Sion, a região da Savassi, a Praça da Liberdade e a Praça Raul Soares, no centro da cidade. Dali, os manifestantes retornaram ao ponto de partida. Um carro de som convocava para o ato deste domingo (17), às 13h, na Praça da Liberdade, quando os manifestantes favoráveis ao impeachment poderão acompanhar por telões a votação da Câmara dos Deputados. Os parlamentares decidirão se aceitam a abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

A comerciante Tácita Vilela Reis, de 68 anos, era das mais animadas e acredita que terá motivos para comemorar neste domingo (17). “Nós estamos mostrando que a população quer justiça e ética. Os deputados indecisos vão ver que o brasileiro está querendo o impeachment”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s