CBF oferece país para ser ‘campos de testes’ para tecnologia

Inovação: Brasil pode testar novas tecnologias no futebol, inclusive o uso de vídeo para ajudar a arbitragem

Zurique – A CBF vai oferecer o Brasil à Fifa para ser um “campo de testes” para novas tecnologias no futebol, inclusive o uso de vídeo para ajudar a arbitragem. Essa será uma das propostas que Fernando Sarney vai apresentar em Zurique nos próximos meses.

Nesta quarta-feira, ele assume o cargo no Comitê Executivo da Fifa, colocando um fim a seis meses sem a presença do Brasil na entidade máxima do futebol. Por enquanto, porém, o novo representante da CBF vai evitar trazer novas propostas.

O cargo era ocupado por Marco Polo Del Nero, presidente da CBF. Mas, desde a prisão dos cartolas da Fifa – entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin – em maio, o dirigente não viajou para fora do Brasil.

Conforme a reportagem revelou com exclusividade em outubro, Del Nero pediu para sair da Fifa. Sarney, assim, assumirá também o Comitê do Futebol Olímpico e será membro do Comitê de Futebol de Praia e Futsal. Por enquanto, ele não deve fazer nenhuma proposta e apenas acompanharia as votações apostando nas opções já fechadas na Conmebol.

Mas Sarney tem planos de já iniciar uma maior movimentação a partir de 2016. Um dos pontos principais será a arbitragem. No ano passado, a CBF pediu que a Fifa autorizasse o País a usar o “juiz eletrônico”, permitindo o uso do vídeo para auxiliar os árbitros em campo.

“Informamos para a CBF que quando as discussões começarem e se o IFAB (as quatro associações britânicas e a Fifa) concordar em realizar testes desse tipo no futuro, ela será convidada para participar dos experimentos”, indicou a Fifa na época.

Agora, Sarney vai tentar convencer os demais membros da Fifa a repensar a situação e, caso a International Board aprove o teste, o novo representante da CBF ofereceria à Fifa a possibilidade de que o Brasil fosse utilizado como “campo de testes”.

Fontes na Fifa indicaram que esses testes poderiam já começar no segundo semestre de 2016.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s