CCJ aprova critério social como desempate em vestibular

A comissão da Câmara aprovou proposta que estabelece critério social para o desempate em processos seletivos de instituições públicas

Brasília – A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 15, uma proposta que estabelece critério social para o desempate em processos seletivos de instituições públicas de ensino superior.

O texto prevê que se houver empate, o candidato com renda familiar inferior a dez salários mínimos prevalecerá na seleção. Se ambos estiverem sob essa condição, prevalecerá aquele com menor renda.

Como já havia passado no Senado, o texto segue agora para sanção presidencial. A não ser que haja recurso ao plenário da Câmara.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s