Chile mostra preocupação com julgamento político de Dilma

O Brasil tem uma histórica relevância econômica, diplomática e cultural para o Chile, incluído o período do governo Dilma, disse a chancelaria chilena

Santiago – O governo do Chile manifestou nesta quinta-feira sua “preocupação” com a situação do Brasil, onde o Senado aprovou o julgamento político contra a presidente Dilma Rousseff, e a “incerteza” que esta decisão pode gerar em nível internacional por sua relevância no contexto latino-americano.

A chancelaria chilena destacou em comunicado que o Brasil tem uma “histórica relevância econômica, diplomática e cultural para o Chile, incluído o período do governo da amiga presidente Dilma”.

“O Chile reafirma seu decidido respaldo ao Estado de Direito, aos processos constitucionais e às instituições democráticas no Brasil e em cada um dos países da América do Sul”, destacou o comunicado, no qual o governo chileno ressaltou que “os próprios brasileiros saberão resolver seus desafios internos”.

O Senado brasileiro deu hoje sinal verde ao julgamento do impeachment de Dilma, que foi suspensa da presidência pelos próximos 180 dias. Ela será substituída interinamente pelo vice-presidente, Michel Temer, enquanto o congresso decide se a destitui definitivamente. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s