Cirurgião Ivo Pitanguy morre aos 90 anos

Na véspera da sua morte, participou do revezamento da tocha olímpica dos Jogos Olímpicos do Rio, em cadeira de rodas

Rio – O cirurgião plástico Ivo Pitanguy, de 93 anos, faleceu neste sábado no Rio. Pitanguy vinha tendo problemas de saúde desde o ano passado. Na véspera da sua morte, participou do revezamento da tocha olímpica dos Jogos Olímpicos do Rio, em cadeira de rodas

Considerado o maior cirurgião plástico do País e um dos maiores do mundo, Pitanguy era patrono da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, membro honorário da American Society of Plastic Surgery (AISAPS) e da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Pitanguy deixa a esposa Marilu, quatro filhos e cinco netos. Formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e na Faculdade Nacional de Medicina, hoje pertencente à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Pitanguy iniciou sua formação na cirurgia plástica no fim dos anos 1940, quando foi cirurgião residente do Serviço do Professor John Longacre, no Bethesda Hospital, em Cincinatti, nos Estados Unidos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s