Ipsos: Para eleitores, país segue no “rumo errado” com Temer

Reprovação de Temer é menor que Dilma, mas ainda há grande número de indecisos e isentos na avaliação

São Paulo – O Instituto Ipsos divulgou nesta segunda-feira (27) a pesquisa Pulso Brasil de opinião sobre o governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). O destaque é a pergunta à população sobre rumos do país, que permanecem em avaliação bastante negativa mesmo após o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT).

Para 89% dos entrevistados, o país está no “rumo errado”, contra os restantes 11% para o “rumo certo”. Dilma deixou o cargo em maio com 88% de opiniões contrárias ao rumo do país, fazendo da avaliação de Temer tecnicamente igual.

A percepção negativa dos rumos do país explodiu ainda sob a batuta de Dilma, em especial na transição entre primeiro e segundo mandato. Em dezembro de 2014, 53% eram os que acreditavam que o Brasil estava seguindo para o caminho errado, enquanto em janeiro o número salta para 65%.

Dali em diante, a crescente foi constante até o pico de 94% de avaliações negativas.

Hoje, o Sudeste é a região do país mais insatisfeita, com apenas 7% dos entrevistados que creem que o Brasil está no caminho certo. Em seguida vem o Centro-Oeste, com 10%.

E TEMER PRESIDENTE?

A avaliação pura do governo ainda é marcada pelo desconhecimento de Temer como presidente. Foram 22% os que não souberam ou não opinaram, contra apenas 2% no último mês de Dilma.

Aumentou o grupo de entrevistados que considera o governo regular: de 21% para 29%. A aprovação caiu de 9% para 6%.

Por conta da alta taxa de isentos, indecisos e regulares, Temer marcou 43% de ruim e péssimo, caindo bastante se comparado aos 69% da última avaliação de Dilma antes de ser afastada por decisão do Senado em maio.

Eleitores do Nordeste são os que mais reprovam Temer como presidente (49%), seguidos de Centro-Oeste (47%) e Sudeste (43%). No Sul estão as maiores taxas de indecisos, com 25%.

Temer tem a melhor aprovação também no Nordeste, com 9%. Norte (7%) e Sudeste (5%) vêm na sequência.

ESTÁ CERTO OU ERRADO?

A pesquisa Pulso Brasil avalia também alguns dos pontos centrais da administração, como medidas econômicas e reformas. Os índices de reprovação às ações de Temer são sempre os maiores, independente do quesito avaliado.

Com 44% de reprovação pública estão a condução da reforma da previdência, o combate à violência e ao desemprego. Com 43%, destaca-se negativamente a mandeira como o governo Temer está conduzindo o programa Minha Casa, Minha Vida.

Por outro lado, com 31% de aprovação, o melhor programa de ação de Temer para os entrevistados é o combate à inflação. Seguem com 30% o combate à corrupção e o incentivo à reforma política.

A pesquisa Pulso Brasil entrevistou, de 2 a 13 de junho, cerca de 1,2 mil pessoas, em 72 municípios de todos os estados. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s