Comitê Rio 2016 será multado por ter funcionários sem CLT

De acordo com Ministério Público do Trabalho e Emprego, jornadas de trabalho chegavam a 23 horas diárias

São Paulo – O Ministério Público do Trabalho e Emprego (MPTE) deve multar o Comitê Rio 2016 em R$ 315 mil por 630 empregados que trabalham nas obras da Vila Olímpica sem registro profissional. Procurado por EXAME.com, o Ministério Público não se pronunciou. 

De acordo com o portal G1, os funcionários estariam trabalhando sem carteira assinada e com carga horária exaustiva de 23 horas. Em defesa, o Comitê informou ao veículo que a atuação do MPTE sem análise dos documentos “descumpre um acordo firmado com a Rio 2016”. 

Segundo a publicação, o comitê organizador também será autuado por sonegar documentos que comprovem a contratação dos trabalhadores. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s