Comitê Rio-2016 monitora ações para apagar tocha olímpica

Para o Comitê Rio-2016, o mais importante nesse momento é manter o "diálogo" com a sociedade e usar condutores da tocha identificados com o local.

São Paulo – Nos últimos dias, três tentativas de apagar a tocha olímpica chamaram atenção e é possível que novas iniciativas como essas ocorram, o que gera atenção do Comitê Organizador dos Jogos Rio-2016.

Nas redes sociais, pessoas estão criando eventos específicos para fazer isso com data para os dias que o símbolo passará em suas cidades.

A primeira tentativa ocorreu em Maracaju, no domingo, quando um rapaz de 27 anos usou um balde para jogar água em direção ao condutor. Três dias depois, em Cascavel, Daniel Ferreira usou um extintor para tentar apagar o fogo.

“Se tivesse outra oportunidade, faria de novo, mas usaria um balde de água”, disse, falando que era um protesto político.

Outro caso, em Maringá, teve menos repercussão, quando uma professora tentou apagar a tocha com um cartaz que estava escrito “fora Temer”, em referência ao presidente em exercício Michel Temer.

As postagens nas redes sociais servem como estímulo para que outras pessoas tentem apagar a tocha. Em muitos dos eventos, o texto fala que é apenas uma brincadeira e que ninguém deve fazer isso. Mas não faltam pessoas incentivando o ato.

Denilson Câmara, vereador de Barra Mansa, pediu para a população “jogar água” quando a tocha estiver na cidade, no dia 28 de julho.

Para o Comitê Rio-2016, o mais importante nesse momento é manter o “diálogo” com a sociedade e usar condutores identificados com o local.

Desde os Jogos de Pequim, quando as tentativas de apagar a tocha ocorreram com frequência por causa da situação do Tibete, a segurança já faz parte do roteiro. As redes sociais estão sendo monitoradas e pelos menos três outros casos foram detectados antes de ocorrerem: duas com balde e uma com extintor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s