Como foram os protestos contra o aumento das passagens

O Movimento Passe Livre organizou, nesta sexta-feira, protestos contra o aumento das tarifas de transporte público

São Paulo – O Movimento Passe Livre organizou, nesta sexta-feira, protestos contra o aumento das tarifas de transporte público em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. 

Na capital paulista, o reajuste vale a partir deste sábado, quando as tarifas irão passar dos atuais R$ 3,50 para R$ 3,80. No início da noite, manifestantes se reuniram em frente ao Theatro Municipal e seguiram pelas ruas da região central. Em determinado momento, manifestantes entraram em confronto com policiais. Ônibus, carros e agências bancárias foram depredados por um grupo. 

Já no Rio de Janeiro, onde o valor da passagem passou de R$ 3,40 para R$ 3,80, o ponto de encontro foi na Cinelândia. O grupo seguia pacificamente quando, já no final do ato, às 20h20, um grupo de manifestantes atirou pedras contra policiais, que revidaram com bombas de efeito moral.

08/01/2016 – 21:59

Passe Livre convoca novo protesto

O Movimento Passe Livre convocou novas manifestações para a próxima terça-feira (12).

“Só a luta muda a vida, e é bom que Haddad e Alckmin tenham vindo preparados para a briga, porque nós vamos barrar esse aumento. A população não vai pagar pela crise dos ricos e nenhum centavo a mais vai sair do nosso bolso pra enriquecer ainda mais os empresários”, diz o texto do evento. 

08/01/2016 – 21:56

08/01/2016 – 21:14

Protestos terminam, confrontos, não

Em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro seguem confrontos entre grupos isolados e Polícia Militar. Todas as passeatas foram dispersadas.

08/01/2016 – 20:23

Confusão também no Rio de Janeiro

Imagens de TV mostram um princípio de confusão e bombas de gás lacrimogênio sendo lançadas no Rio de Janeiro. A manifestação seguia pacífica até então. 

08/01/2016 – 20:12

No Rio, manifestação segue pacífica

Se em São Paulo o clima é de tensão, no Rio de Janeiro os protestos seguem de forma pacífica. No momento, o grupo chega à região da Central do Brasil. 

08/01/2016 – 20:08

Polícia tenta dispersar focos de tumulto

08/01/2016 – 19:56

Mascarados depredam outro ônibus

Manifestantes mascarados quebram outro ônibus na Rua Amaral Gurgel, no centro de São Paulo. 

08/01/2016 – 19:53

08/01/2016 – 19:52

Choque segue pelas ruas de São Paulo

O vidro de uma agência bancária foi totalmente destruído. O reforço da Tropa de Choque chega e segue pela Rua Coronel Xavier de Toledo.

08/01/2016 – 19:46

08/01/2016 – 19:45

Manifestantes quebram ônibus em SP

Um grupo de mascarados quebra vidros de ônibus na região central de São Paulo. A estação República do Metrô está fechada. 

08/01/2016 – 19:41

Carro da CET e orelhão são depredados

Black Blocks queimam lixo em algumas ruas e parte do grupo se dispersa. Imagens da GloboNews mostram um carro da CET e um telefone público depredados. 

08/01/2016 – 19:35

Manifestantes jogam pedras em policiais

A situação na região central de São Paulo é delicada. Policiais lançam gás de pimenta e bombas de gás lacrimogênio e grupo reage com pedras. Em alguns pontos, manifestantes espalham lixo pelas ruas. 

Imagens da GloboNews mostram uma policial com a cabeça ferida. 

08/01/2016 – 19:30

Confusão começa quando manifestantes invadem 23 de Maio

08/01/2016 – 19:27

Tumulto nas manifestações em SP

Depois de uma parte do trajeto ser feita de forma pacífica, manifestantes entram em confronto com policiais. PMs lançam bombas de gás lacrimogênio em direção ao grupo. 

08/01/2016 – 19:15

Grupo se aproxima da Av. 23 de Maio, em SP

08/01/2016 – 19:11

Em SP, manifestante picha ponto de ônibus

Um manifestante com o rosto coberto picha um ponto de ônibus com os dizeres “3,80 é o Ca$#%”. 

08/01/2016 – 18:58

“Quem não pula quer tarifa”

08/01/2016 – 18:57

Um novo aumento é justo?

EXAME.com consultou analistas e técnicos em transporte, além de movimentos sociais que reivindicam o cancelamento das novas tarifas, para entender a estrutura dos reajustes, considerando a atual situação financeira do poder público e as reivindicações da sociedade.

É justo aumentar o preço das tarifas de transporte público?

08/01/2016 – 18:49

Mascarados estão infiltrados em frente ao protesto em SP

Policiais estão ressabiados com grupo de mascarados que guia o grupo pelas ruas do Centro. Até o momento, o protesto segue pacífico. 

08/01/2016 – 18:45

“Mãos para o alto, R$ 3,80 é um assalto”

No Rio, participantes do ato gritam em coro “Mãos para o alto, R$ 3,80 é um assalto” e pedem o fim das catracas. 

08/01/2016 – 18:42

Policiais acompanham trajeto

08/01/2016 – 18:40

Além de SP, outras 12 capitais tiveram reajuste de tarifas

08/01/2016 – 18:37

Partidos e movimentos estudantis participam do ato

Anel, Juntos, UJS, UJC e Une participam do ato na região central. Entre os partidos, aparecem apenas bandeiras do PSTU. O repórter Raphael Martins acompanha de perto as manifestações. 

08/01/2016 – 18:32

Em SP, manifestantes saem em passeata

Em São Paulo, manifestantes começam a andar pelas ruas da região central da cidade. Eles saem do Theatro Municipal, passam pela Av. 23 de Maio e terminam na Praça da Sé.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s