Cristovam Buarque é hostilizado na Comissão de Educação

A sessão era uma audiência pública para discussão da proposta conhecida como "Escola Sem Partido"

Brasília – O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) foi agredido verbalmente, nesta quinta-feira, 1º de setembro, enquanto presidia sessão da Comissão de Educação.

A sessão era uma audiência pública para discussão da proposta conhecida como “Escola Sem Partido” e contou com a presença de convidados de movimentos sociais organizados.

Sob gritos de “golpista” e “traidor”, Cristovam desistiu de presidir a reunião e acabou encerrando a sessão.

O senador, que foi ministro da Educação no Governo Lula e foi demitido, desde então rompeu com a gestão petista.

Ele votou a favor do impeachment de Dilma Rousseff, na sessão que ocorreu na quarta-feira, 31, no Senado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s