Dilma apresenta medidas de equilíbrio a líderes da Câmara

A maioria das propostas depende de aprovação do Congresso Nacional e Dilma deve fazer um apelo para que os parlamentares da base se empenhem na aprovação

A presidenta Dilma Rousseff está reunida com líderes da base aliada na Câmara dos Deputados para apresentar as propostas do governo destinadas a reduzir os gastos públicos e aumentar as receitas para 2016, anunciadas ontem (14).

A maioria das propostas depende de aprovação do Congresso Nacional e Dilma deve fazer um apelo para que os parlamentares da base se empenhem na aprovação.

Além de um corte de gastos de R$ 26 bilhões, o governo propôs a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para arrecadar cerca de R$ 32 bilhões no Orçamento de 2016.

Com as medidas, o Executivo espera chegar a um superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem.

Ontem, Dilma jantou com 16 governadores no Palácio da Alvorada para pedir apoio às propostas. À tarde, a presidenta vai receber líderes da base aliada no Senado para fazer o mesmo apelo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s