Dilma não planeja entregar defesa já na terça, diz Guimarães

A partir desta sexta, Dilma tem até dez sessões plenárias para entregar sua defesa

Brasília – O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), negou que a presidente Dilma Rousseff tenha definido que entregará sua defesa no processo de impeachment na próxima terça-feira, 22, como anunciado pelo deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), na manhã desta sexta-feira, 18.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que a petista iria antecipar sua defesa. Ambos atribuíram as informações a Guimarães.

“Não disse isso. Comentei na reunião de líderes que o governo tem pressa em resolver, em enterrar esse vivo-morto”, disse Guimarães, salientando que ainda não falou com governo sobre a apresentação da defesa.

Cunha realizou sessão plenária nesta sexta-feira, abrindo a contagem do prazo para a apresentação da defesa e elaboração do parecer pelo seguimento ou não do processo de impeachment.

A partir desta sexta, Dilma tem até dez sessões plenárias para entregar sua defesa. O relator do processo, Jovair Arantes (PTB-GO), terá outras cinco sessões para elaborar o parecer.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s