Diretor-geral da PF evita responder se permanecerá no cargo

Com a saída de Cardozo do Ministério da Justiça, especula-se, que o Leandro Daiello, também possa ser trocado

Brasília – Presente à cerimônia de transmissão de cargo do novo ministro da Justiça, Wellington César, o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, evitou nesta quinta-feira, 03, responder diretamente se continuará no cargo.

“Não sei. Pergunte ao ministro”, respondeu Daiello ao ser questionado pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. “Depois que o ministro fala, vira verdade”, emendou, após a reportagem lembrar que o novo ministro afirmou em entrevista que o diretor deve permanecer no cargo.

Com a saída de José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça após pressão principalmente do PT, especula-se, nos bastidores, que o diretor-geral da PF também possa ser trocado, como forma de o governo tentar interferir na Operação Lava Jato.

O diretor-geral da PF evitou responder mais perguntas de jornalistas. Ao perceber a abordagem dos repórteres, a assessoria de Daiello informou que ele não falaria com a imprensa nesta quinta-feira.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s