Disputa pelo Turismo pode beneficiar aliado de Renan

A disputa interna no PMDB para selar a indicação ao Ministério do Turismo ganhou mais um incremento hoje

Brasília – A disputa interna no PMDB para selar a indicação ao Ministério do Turismo ganhou mais um incremento nesta terça-feira, 28.

Com o fim das especulações em torno do deslocamento do atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Marcos Pereira (PRB), ganhou força o nome de Marx Beltrão, peemedebista de Alagoas, Estado em que o diretório é na prática comandado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse hoje que a definição do nome para a pasta sairia ainda nesta semana e que ela seria tomada pela bancada do PMDB na Câmara, o que exclui Pereira entre as indicações.

Com a possível nomeação de Marx Beltrão ficariam preteridos os nomes ligados ao PMDB de Minas Gerais – Leonardo Quintão e Newton Cardoso Júnior.

A decisão pode abrir mais um racha entre Câmara e Senado, entretanto, o foco do Planalto neste momento é “agradar” mais os senadores, já que caberá a eles a definição do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Procurado, Renan nega a interferência. Segundo sua assessoria de imprensa, o presidente do Senado “não indica, não sugere, não endossa nomes para o governo enquanto estiver a frente do Senado federal”. A justificativa de Renan é que isso seria “incompatível com a independência entre os poderes”.

Apesar da negativa, no Palácio do Planalto, interlocutores de Temer reconhecem que a escolha de um “afilhado” de Renan poderia ser um aceno importante para conquistar de vez o presidente do Senado que tem feitos sinais “contraditórios”.

Ao mesmo tempo em que oferece um jantar para o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, como faz nesta terça-feira, ele já discute a possibilidade de haver recesso parlamentar, o que atrasaria a análise a conclusão do processo de impeachment.

Cotado para o cargo, Quintão preferiu não comentar sua possível escolha e disse que tomou a posição de aguardar. “Aguardo a definição do presidente. Essa nomeação vai depender também da escolha dentro da bancada federal do PMDB”, afirmou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s