Dois atletas de Guiné fugiram da Vila Olímpica

Por diversas ocasiões atletas africanos que competem no exterior permanecem nos países por melhores oportunidades econômicas e esportivas

Conacri – Dois membros da equipe olímpica da Guiné desapareceram da Vila Olímpica no Rio e não foram vistos desde então, tornando-se, possivelmente, imigrantes econômicos ilegais, disse uma autoridade esportiva à Reuters nesta sexta-feira.

“O nadador Amadou Camara e Mame Adama Bangoura, do judô, fugiram da Vila Olímpica e permaneceram no Brasil. Eles não voltaram com a gente”, disse Atef Chaloub, membro do Comitê Olímpico da Guiné.

Por diversas ocasiões atletas africanos que competem no exterior permanecem nos países por melhores oportunidades econômicas e esportivas.

Cinco atletas de Guiné e 17 de Camarões ficaram na Grã-Bretanha após os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s