Duas cidades de SP registram 1º homicídio desde 2001

Nos dois casos, os crimes tiveram motivos banais: os envolvidos bebiam e acabaram brigando

Sorocaba – Apesar da queda no número de homicídios no Estado de São Paulo, duas cidades do interior paulista tiveram os primeiros registros desse crime em 2015.

Mesmo assim, 20 cidades continuam com índice zero de homicídios desde 2001, quando a estatística começou a ser feita pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado.

No ano passado, o Estado registrou 3.757 mortes dolosas, contra 4.293 do ano anterior.

A pequena Nipoã, de 4.274 habitantes, entrou no mapa da violência com dois homicídios, registrados em março e maio de 2015, respectivamente.

Nos dois casos, os crimes tiveram motivos banais: os envolvidos bebiam e acabaram brigando. As vítimas foram mortas com golpes de faca.

Já Bento de Abreu, com 2.674 moradores, teve o primeiro crime de morte de sua história registrado em setembro. Em uma discussão, um dos envolvidos esfaqueou o outro. Em 2014, todas as cidades com homicídio zero mantiveram o índice.

Entre as cidades que continuam fora do mapa da violência, a maioria tem menos de 5 mil habitantes e algumas são tão pacatas que a Polícia Civil tem pouco trabalho.

Em Santa Salete, em 2015, foram abertos dez inquéritos – menos de um por mês. Das 20 ocorrências atendidas por policiais, 11 foram desentendimentos, tendo havido apenas 9 furtos.

Em Ribeirão dos Índios, com 12 inquéritos, não foi registrado um único furto de veículos, mas a polícia recuperou dois carros roubados em cidades vizinhas.

As outras cidades sem mortes dolosas desde 2001 são: Águas de São Pedro; Anhumas; Borebi; Caiabu; Cruzália; Dolcinópolis; Fernão; Lourdes; Marapoama; Nova Guataporanga; Pracinha; Presidente Alves; São João do Pau D’Alho; Sebastianópolis do Sul; Trabiju; Turiúba; União Paulista; e Zacarias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s