Em ato, índios Guaranis pedem por demarcação de terra

Cerca de 200 indígenas protestaram na Avenida Paulista, em São Paulo, em frente ao escritório da Secretaria da Presidência da República.

São Paulo – Na manhã desta quarta-feira (4), cerca de 200 indígenas da etnia guarani protestaram na Avenida Paulista, em São Paulo, em frente ao escritório da Secretaria da Presidência da República. 

Segundo o portal R7, o grupo pede que a aldeia Tenodé Porã, que fica na região entre Parelheiros, na zona sul da capital, e a cidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, seja reconhecida como terra indígena.

De acordo com a publicação, a assinatura está pendente no Ministério da Justiça desde 2012.

“Nós vamos ficar aqui até que o ministro da Justiça assine a portaria declaratória para a demarcação da nossa terra”, diz Claudio Vera, morador da aldeia de Parelheiros. 

A Polícia Militar (PM) informou que o protesto foi pacífico e que os manifestantes não interditaram a Avenida Paulista.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s