Por ajuste salarial, CUT bloqueia a Avenida Paulista

A concentração começou às 9h30 e reivindica ajuste salarial para as categorias filiadas à central

São Paulo – A Central Única dos Trabalhadores (CUT) faz uma manifestação na manhã desta terça-feira, 15, na Avenida Paulista, em frente à sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A via foi totalmente fechada no sentido Paraíso.

A concentração começou às 9h30 e reivindica ajuste salarial para as categorias filiadas à central.

Segundo o trajeto informado à Polícia Militar, eles devem seguir na avenida em direção à Rua Augusta, depois até a Avenida Ipiranga e à Praça da República.

A CUT e a Polícia Militar não divulgaram número estimado de participantes no protesto.

Segundo a CUT, mais de 1,8 milhão de trabalhadores têm data-base de reajuste salarial no segundo semestre. Apenas a categoria dos metalúrgicos que devem fazer campanha salarial no semestre soma 602 mil trabalhadores.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s