Estudante perde visão de um olho em ato contra impeachment

A estudante, de 19 anos, perdeu a visão do olho esquerdo após ser atingida nesta quarta-feira, 31, por estilhaços de bombas lançadas por policiais militares.

São Paulo – A estudante mineira Débora Fabri, de 19 anos, perdeu a visão do olho esquerdo após ser atingida nesta quarta-feira, 31, por estilhaços de bombas lançadas por policiais militares durante o protesto no centro de São Paulo contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Trata-se do terceiro caso em três anos em que manifestantes ou profissionais de imprensa ficam cegos de um dos olhos em consequência de ação policial de repressão a protestos de rua na capital paulista.

Questionada sobre o assunto, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que não iniciou procedimento de investigação interna porque a jovem não registrou boletim de ocorrência. Em nota, a SSP afirma apenas que “respeita o direito de manifestação e está empenhada em garantir a segurança dos manifestantes”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s