Evo Morales pede reunião de emergência para apoiar Dilma

O presidente disse que o que acontece no Brasil é "um golpe do Congresso"

La Paz – O presidente da Bolívia, Evo Morales, propôs neste sábado uma reunião de emergência da União das Nações Sul-americanas (Unasul) para defender a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Devemos fazer uma reunião de emergência da Unasul no Brasil para defender a democracia brasileira, para defender a Dilma e o Lula. Esperamos que o nosso presidente da Unasul e presidente do Uruguai, Tabaré Vásquez, bem como todos os chefes de Estado da região se mobilizem”, afirmou Morales, em um discurso na cidade de El Alto.

O presidente disse que o que está sendo gestado no Brasil é “um golpe do Congresso” maquinado por “grupos oligárquicos dos Estados Unidos” para evitar que Lula seja candidato nas próximas eleições presidenciais.

O chanceler uruguaio, Rodolfo Nin Novoa, disse ontem em Montevidéu que “está circulando em todos os países da Unasul fazendo um chamado e uma pedido que se respeite a ordem institucional no Brasil”. Fonte: Associated Press.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s