Idioma ainda é principal dificuldade de imigrantes no Brasil

Pesquisa do Ipea com o Ministério da Justiça mapeia quais os principais problemas enfrentados por estrangeiros ao chegar ao país

São Paulo – Segundo o estudo do Ipea em parceria com o Ministério da Justiça, a principal barreira de integração que imigrantes enfrentam na chegada ao Brasil não é acesso a emprego, moradia ou trabalho, mas, sim, o idioma.

De acordo com a pesquisa “Migrantes, Apátridas e Refugiados”, cerca de 16,8% dos recém-chegados ao país apontaram a língua como a barreira à compreensão das instituições públicas. O índice vale tanto para o fato de o próprio imigrante não saber o português, quanto os serviços de atendimento e recepção brasileiros não terem o domínio de outros idiomas.

A falta de comunicação é o principal ponto que mostra a necessidade de uma mudança dos processos de recepção, junto com uma padronização de processos. “É preciso uma reavaliação integral da acolhida e proteção aos imigrantes no país para que a mesma seja pautada pelos direitos humanos”, diz o texto.

De acordo com o estudo, o fato de cada tipo de imigrante ter um diferente processo de integração de acordo com sua classificação (refugiado, apátrida, entre outros) torna difícil a compreensão de qual a via que os estrangeiros devem requisitar para entrar no país.

Um exemplo é que boa parte dá entrada nos pedidos de refúgio sem ser propriamente um refugiado. A documentação (14,2%) e a informação (9,4%) são outras duas dificuldades bastante citadas por imigrantes.

Essa confusão faz com que o protocolo de pedido de refúgio seja o documento mais difícil de se conseguir. São mencionados também o Cartão do SUS e o RNE (Registro Nacional de Estrangeiros). Para flexibilizar a emissão dos documentos, os entrevistados sugeriram também que as taxas fossem reduzidas.

Veja abaixo no gráfico que processos precisam ser melhorados para receber de forma adequada os imigrantes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s