Impeachment de Temer? STF divulga minuta de voto por engano

No documento, sem validade, o ministro Marco Aurélio Mello determinava à Câmara iniciar uma análise sobre o pedido

São Paulo – O Supremo Tribunal Federal divulgou na noite de ontem, dia 1, uma decisão do ministro Marco Aurélio Mello que determinava à Câmara iniciar uma análise de um pedido de impeachment do vice-presidente Michel Temer.

Minutos depois, no entanto, o STF disse se tratar de um equívoco, pois se tratava de uma minuta em elaboração e não uma decisão, ou seja, sem validade.

O ministro, relator da ação, afirmou que sua decisão só deverá ser dada na segunda, dia 4.

O equívoco causou um furor na imprensa e na Câmara, já que a decisão é aguardada com certa ansiedade por todos.

Na ação, o advogado Mariel Márley Marra, de Minas Gerais, contesta o arquivamento de uma denúncia de Temer por suposto crime de responsabilidade.

O arquivamento foi feito pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que pertence ao PMDB, mesmo partido do vice-presidente. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s