Juristas promoveram comício político, diz petista

Deputado acusou os juristas Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal de promoverem um palanque político em favor da oposição hoje

Brasília – Um dos principais defensores do governo na comissão especial do impeachment, o deputado Wadih Damous (PT-RJ), acusou os juristas Miguel Reale Júnior e Janaina Paschoal de promoverem um palanque político em favor da oposição nesta tarde.

“Fez aqui uma agitação política, viu-se aqui um comício político”, afirmou.

Para o petista, as “pedaladas fiscais” não afrontam a Lei de Responsabilidade Fiscal e a prática foi corriqueira no governo Fernando Henrique Cardoso. “Ao qual serviu Miguel Reale Júnior”, lembrou.

Damous disse que os juristas ignoraram conceitos jurídicos, demonstraram falta de domínio da legislação e inventaram um crime de responsabilidade, atentando contra a Constituição. “Isso é golpe”, acrescentou.

Coube ao líder do PSDB, deputado Antonio Imbassahy (BA), dizer que o ajuste fiscal é “um bem público que foi desprezado” pela presidente Dilma Rousseff. “Cometeu-se crime conscientemente, violou-se a democracia e fraudou-se as eleições”, afirmou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s