Lava Jato ouve ex-diretor da Petrobras e familiares

Paulo Roberto Costa e seus familiares são réus em uma ação penal da Operação Lava Jato

O juiz Federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, ouve na tarde desta sexta-feira (13), ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, as duas filhas dele, Ariana Azevedo Costa Bachmann e Shanni Azevedo Costa  Bachmann, além dos genros dele Humberto Sampaio de Mesquita e Marcio Lewkowicz. Os interrogatórios serão feitos, em Curitiba.

Paulo Roberto Costa e seus familiares são réus em uma ação penal da Operação Lava Jato. Em abril de 2014, Moro aceitou a denúncia contra eles.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Costa é acusado de ordenar que seus parentes fossem a seu escritório de consultoria para retirar documentos, e quantias em dinheiro “que interessavam à prova das infrações penais sob investigação”, no momento em que a operação foi desencadeada.

A presença dos parentes foi flagrada por câmeras de segurança do local.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s