Líder do governo declara guerra aos que querem parar o país

O deputado José Guimarães declarou "guerra aos que não querem que o país funcione", pouco depois de Eduardo Cunha aceitar pedido de abertura de impeachment

Brasília – O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), declarou nesta quarta-feira “guerra aos que não querem que o país funcione”, pouco depois de o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitar pedido de abertura de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Em entrevista a jornalistas, Guimarães disse que a sensação que tem é de ter “tirado uma espada das costas” e garantiu que agora “é hora de a onça beber água”. O líder atribuiu a aceitação do pedido de impeachment a uma articulação entre Cunha e a oposição.

Ele disse que Cunha decidiu acatar o pedido de impeachment porque o governo “preferiu o caminho republicano”, em referência à decisão da bancada do PT de votar pelo andamento de um processo que pede a cassação de Cunha no Conselho de Ética da Câmara. Guimarães afirmou também que a base governista enfrentará o processo de impeachment com naturalidade e solidariedade a Dilma.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s