Lula diz que se sentiu “prisioneiro” durante operação

Ex-presidente se disse "indignado" pela chegada dos agentes e classificou como "lamentável" a atuação do "Poder Judiciário"

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira que se sentiu “prisioneiro” quando a Polícia Federal fez na manhã desta sexta-feira uma operação de busca e apreensão em sua residência, em São Bernardo do Campo (SP), e o levou para prestar depoimento no aeroporto de Congonhas por mais de três horas.

Lula se disse “indignado” pela chegada dos agentes e classificou como “lamentável” a atuação do “Poder Judiciário” em um pronunciamento que concede na sede do diretório nacional do PT, no centro de São Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s