Manifestações em cidades brasileiras pedem saída de Cunha

Os protestos foram convocados nas redes sociais pelo grupo Levante Popular da Juventude

São Paulo – Manifestações contrárias ao presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ocorrem pelo País nesta segunda-feira, 23.

Os protestos foram convocados nas redes sociais pelo grupo Levante Popular da Juventude e estão previstos para ocorrer em ao menos 11 cidades.

Nos locais onde os atos já começaram, manifestantes dos grupos LGBTs, Negritude e Mulheres também estiveram presentes.

Aracaju

Integrantes do Levante Popular da Juventude se reuniram na praça Fausto Cardoso, no centro de Aracaju, para pedir a saída de Cunha da Câmara. Segundo os organizadores, a mobilização feita nas redes sociais atraiu cerca de 20 pessoas na capital sergipana.

A Polícia Militar não fez estimativa sobre o número de pessoas presentes. O grupo, no entanto, não deixou de chamar a atenção de quem passava.

Vestidos com camisetas pretas e tocando tambores, eles gritavam “Cunha, saía daê, o povo não quer você!”.

“Cunha significa o retrocesso. Nos causa indignação a presença dele na Câmara Federal”, disse Marina Lima, uma das integrantes do grupo.

A organização promete outras mobilizações, mas ainda não há data prevista para o próximo ato. “Nós vamos resistir, até Cunha cair”, disseram.

O local escolhido para a concentração fica na área mais central da capital sergipana, em frente ao Palácio Museu Olímpio Campos, antiga sede do governo do Estado. No chão, estenderam um faixa com os dizeres “Fora Cunha”.

Fortaleza

O protesto ‘Fora Cunha’ em Fortaleza ocorreu à tarde na Praça da Bandeira, em frente à Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), no centro da capital cearense.

Participaram da manifestação estudantes universitários e do ensino médio, representantes dos movimentos LGBTs, Negritude e Mulheres que portavam cartazes com frases como “Eduardo Cunha: Inimigo do Povo Brasileiro!”, “O Brasil grita ‘Fora Cunha'” e “Agora o Cunha cai”.

De acordo com a PM, cerca de 50 pessoas estavam presentes.

São Luís

Na capital maranhense, jovens do movimento Levante Popular também protestaram pela saída de Cunha. Eles se dizem contrários à forma do parlamentar conduzir a Câmara.

Os manifestantes esperavam receber pelo menos 80 apoiadores no ato na praça João Lisboa, centro de São Luís.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s