Michel Temer passa a exercer presidência da Camex

O presidente interino passará a comandar a Câmara de Comércio Exterior, segundo decreto publicado hoje

O presidente interino Michel Temer passará a comandar a Câmara de Comércio Exterior (Camex), de acordo com decreto publicado hoje (12) em edição extra do Diário Oficial da União.

A Camex, até agora, era presidida pelo ministro da Indústria, Serviços e Comércio Exterior.

O decreto também aumenta a participação do Ministério das Relações Exteriores no colegiado.

A Camex já estava vinculada à Presidência da República desde maio, quando Temer fundiu e extinguiu ministérios e órgãos. O decreto termina de regulamentar as mudanças no colegiado, que cuida da política de comércio exterior brasileira. A Camex atua, por exemplo, investigando e punindo práticas como o dumping e alterando alíquotas de impostos de importação e exportação.

Com o decreto desta terça, o Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Camex passa a ser presidido pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra.

O ministro da Indústria, Serviços e Comércio Exterior, Marcos Pereira, fica com a presidência do Conselho Consultivo do Setor Privado (Conex), instância que faz a mediação entre empresas e governo no âmbito da Camex.

Investimentos

Outra mudança é que o escopo da Camex passa a abranger o fomento a investimentos, além do comércio exterior. O secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo, Moreira Franco, passa a integrar o Conselho da Camex e o Gecex.

Além disso, foi criada a função do ombudsman de investimentos diretos, prevista em acordos internacionais de facilitação de investimentos firmados pelo Brasil em 2015.

O cargo foi inspirado no modelo sul-coreano, em que o ombudsman atende a investidores e recebe reclamações. A função ficará com o secretário executivo da Camex, a ser indicado pelo ministro das Relações Exteriores.

Hoje, a secretaria executiva é ocupada por Anamelia Soccal Seyffarth.

O decreto determina ainda que a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) seja convidada para as reuniões do Comitê de Gestão da Camex, com direito a manifestação, mas não a voto.

Outra novidade é que a Apex colaborará na elaboração de estudos e sugestão de medidas sobre assuntos relativos a comércio exterior e investimentos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s