Mortes violentas de homens caíram 41,5% em SP em 10 anos

Os homens se expõem a mais riscos: a participação da população masculina nos óbitos violentos chega a 84,2%

Rio de Janeiro – Nos últimos 40 anos, a proporção de mortes violentas (especialmente assassinatos e acidentes de trânsito) em relação ao total de óbitos registrados no país cresceu de 6,4% para 10,2%.

Os homens correm muito mais risco: a participação da população masculina nos óbitos violentos chega a 84,2%, segundo as Estatísticas do Registro Civil, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga nesta segunda-feira, 30.

O grupo etário mais vulnerável é o de 20 a 24 anos, com sobremortalidade de 4,9 em relação às mulheres dessa idade, ou seja, um homem tem 4,9 vezes mais chance de morrer nessa idade do que uma mulher. Em 1974, essa diferença era de 1,7 vez.

Na década de 2004-2014, no entanto, registrou-se queda importante da mortalidade masculina por causas violentas nos estados de São Paulo, de 41,5%, e do Rio de Janeiro, de 21,8%.

A sobremortalidade, consequentemente, caiu. O IBGE acredita que isso se deva aos esforços dos dois Estados no período para a contenção da criminalidade.

Nessa década, houve aumento das taxas em Alagoas (de 73,0 para 160,8 a cada 100 mil homens) e no Ceará (de 69,3 para 141,5 a cada 100 mil).

Com os brasileiros vivendo cada vez mais, a participação da morte de idosos no volume de óbitos do país foi muito impactada: em 1974, quando a população era muito jovem, o número de mortes de pessoas de 65 anos ou mais representava 27,3% do total; em 2014, o porcentual era de 56,9%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s