Motorista é linchado e morto após atropelar família

O homem foi espancado e levou três tiros

Rio — O motorista que atropelou uma família, matando um bebê de quatro meses, em Saracuruna, no município de Duque de Caxias (Baixada Fluminense), foi linchado e baleado por testemunhas do acidente, na tarde deste sábado, 3. Antes que a Polícia Militar chegasse ao local do atropelamento, pessoas que viram o acidente atacaram Ronaldo Silva Santos, de 36 anos, a pauladas. Ele também levou três tiros e morreu no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias. O carro do motorista foi incendiado.

Ronaldo Silva Santos atropelou a mãe e três filhos, entre eles a bebê Ana Beatriz Martins Oliveira, que morreu na hora, quando passava pela Avenida Barão do Rio Branco, na localidade de Vila Uruçaí. Pouco depois, o carro foi cercado por testemunhas, que passaram a atacar o motorista. A mãe, segundo a polícia, não teve ferimentos graves e as duas crianças foram atendidas no mesmo hospital estadual.

O caso é investigado pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. Em nota, a Polícia Civil informou que “perícia minuciosa foi realizada no local e diligências estão em andamento para identificar os autores do crime”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s