MPF contrata empresa para contabilizar danos de catástrofe

A subprocuradora-geral da República disse que o Ministério Público Federal vai contratar empresa para apurar danos sociais e ambientais pela barragem da Samarco

Brasília – A subprocuradora-geral da República, Sandra Cureau, disse que o Ministério Público Federal (MPF) vai contratar uma empresa especializada para apurar todos os danos sociais e ambientais causados pelo desastre da barragem da Samarco, empresa das mineradoras Vale e BHP, responsável pelas barragens que romperam no município de Mariana (MG).

“A contratação deverá ser feita em regime de urgência”, disse Sandra, para que se contabilize os estragos daquela que já é considerada a maior catástrofe ambiental do País.

“Como os danos ainda prosseguem, ainda não temos como contabilizar seus impactos”, afirmou a subprocuradora-geral da República.

A partir dessa apuração técnica, o MPF vai entrar com uma série de processos nas esferas civil e criminal contra a Samarco, Vale e BHP. Mais cedo, Sandra Cureau disse que espera uma “punição exemplar” contra os responsáveis pelo desastre.

Sandra Cureau disse que um grupo de trabalho formado por representantes do Ministério Público está acompanhando em Mariana cada desdobramento do caso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s