PGR pede ao STF para investigar contas de Cunha na Suíça

Rodrigo Janot pede autorização ao STF para investigar contas secretas de Eduardo Cunha na Suíça, segundo jornais

São Paulo – O procurador-geral da República em exercício, Eugênio Aragão, entrou nesta quarta-feira com um novo pedido de inquérito ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. A informação é do jornal O Globo e foi confirmada pela PGR a EXAME.com. 

O objetivo do Ministério Público Federal (MPF), é investigar se o peemedebista usou contas secretas na Suíça para receber dinheiro desviado da Petrobras

Além de Cunha, a mulher dele, Cláudia Cruz, e a filha do primeiro casamento do peemebista, Danielle Doctorovich, também podem virar alvo de inquérito. 

Nesta quarta-feira, a Procuradoria também fez um aditamento à denúncia feita em agosto contra Eduardo Cunha. No documento apresentado há dois meses ao STF, a PGR acusa o peemedebista de ter recebido, ao menos, 5 milhões de dólares de pagamentos em propina no esquema de corrupção da Petrobras.

O que pesa contra Cunha 

A nova investigação deve ser pautada por um dossiê elaborado pelo Ministério Público da Suíça sobre as movimentações financeiras do presidente da Câmara dos Deputados.

Os documentos revelam que um contrato de 34,5 milhões de dólares fechado em 2011 pela Petrobras, em Benin, na África, serviu para irrigar as quatro contas na Suíça cujos beneficiários são Cunha e a esposa, Cláudia Cruz. 

Segundo o dossiê, o lobista João Augusto Henriques teria repassado o equivalente a mais de 5 milhões de reais a uma das contas atribuídas a Cunha. 

Em abril, o banco suíço Julius Baer bloqueou 2,4 milhões de francos suíços – ou o equivalente a 9,6 milhões de reais – das contas de Cunha e de sua família. 

* Atualizado às 11h do dia 16 de outubro para incluir informações

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s