Oposição vai ao STF e à Câmara sobre anulação de impeachment

Líder do PSDB na Câmara dos Deputados disse que decisão de Waldir Maranhão "é um equívoco gravíssimo"

Brasília – O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassay (BA), afirmou nesta segunda-feira, 9, que a oposição tomará duas medidas contra a anulação do impeachment da presidente Dilma Rousseff: um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) e um recurso ao plenário da Câmara.

“Já estamos redigindo o mandado de segurança”, disse. “Sobre o recurso, ainda vamos decidir”, completou o líder tucano.

Imbassahy afirmou que “é um equívoco gravíssimo” a decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA).

“A abertura do processo contra Dilma é um ato jurídico perfeito. Houve uma decisão da Câmara com mais de 360 votos a favor”, disse.

Ainda hoje, outros líderes do PSDB vão se reunir para discutir outras alternativas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s