Os prefeitos eleitos; Hillary na frente…

Crivella eleito no Rio

O novo prefeito do Rio de Janeiro será Marcelo Crivella, do PRB, eleito neste domingo com 59,3% dos votos. Ele venceu Marcelo Freixo, do PSOL, que teve 40,6%. O resultado já vinha sendo antecipado em todas as pesquisas eleitorais no segundo turno, unânimes em mostrar uma vantagem folgada a Crivella. As urnas também revelaram que o governo de Crivella começará com um apoio cambaleante: 26,8% dos cariocas se abstiveram e outros 20% votaram em branco ou nulo, um nítido sinal de insatisfação com as candidaturas concorrentes. Crivella, bispo da Igreja Universal, perdeu apenas na Zona Sul da cidade, e disse no discurso de posse que vai evitar a “praga maldita da vingança”.

Kalil ganha, Aécio perde

O ex-presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil (PHS), será o novo prefeito de Belo Horizonte. Neste domingo, ele recebeu 53,3% dos votos válidos na capital mineira. O segundo colocado, João Leite (PSDB), ficou com 46,7% dos votos. O resultado é uma derrota para o senador Aécio Neves (PSDB), padrinho político de Leite – a terceira do senador em sua terra natal. Aécio perdeu em Minas Gerais a disputa para Presidência da República em 2014, ano em que viu seu candidato ao governo, Pimenta da Veiga, ser derrotado pelo petista Fernando Pimentel. Aécio afirmou que não dá para fazer uma conexão direta dos resultados dessas eleições com 2018. Vitorioso, Kalil disse que não procurará Aécio.

PSDB vence no Sul

O PSDB venceu a disputa pela prefeitura de Porto Alegre pela primeira vez. O deputado Nelson Marchezan Jr. elegeu-se neste domingo ao derrotar o atual vice-prefeito, Sebastião Melo, aposta do PMDB. A vitória de Marchezan Jr tira do poder o grupo que governava a capital há doze anos – ciclo de José Fogaça (PMDB) e José Fortunati (PDT) – e enterra as chances de hegemonia do PMDB, que elegeu em 2014 o governador Ivan Sartori. Marchezan afirmou que foi candidato por uma decisão do PSDB de se renovar e que “essa questão partidária, mais ranzinza, não foi pauta desta eleição”.

Curitiba: Greca e o papa

Rafael Greca (PMN) é o novo prefeito de Curitiba. Ele foi eleito, neste domingo, com 53,38% do total dos votos, enquanto Ney Leprevost (PSD) amealhou 46,62%. Leprevost e Greca estavam empatados tecnicamente, segundo as pesquisas eleitorais. Ex-prefeito de Curitiba, Greca podia ter ganhado a disputa ainda no primeiro turno, mas despencou nas pesquisas depois de declarar, já na reta final da campanha, ter vomitado ao sentir o cheiro de um morador de rua. Após a vitória, num discurso bem diferente, disse que seu modelo de governo será o papa Francisco. “Quero estar onde o povo está”, afirmou.

Recife: Geraldo Julio reeleito

Com 61,15% dos votos, Geraldo Julio (PSB) foi reeleito prefeito da capital pernambucana e cumprirá o segundo mandato até o final de 2020. João Paulo (PT), que obteve 38,85% da preferência, ficou na segunda colocação. Geraldo Julio é pós-graduado em Administração Pública pela Universidade de Pernambuco (UPE). Durante o mandato de Eduardo Campos no governo de Pernambuco, Julio comandou a Secretaria do Planejamento, do Desenvolvimento Econômico e presidiu o Porto de Suape, o maior do estado. O PSB conquistou 69 prefeituras em Pernambuco, mas teve um derrota importante – Antonio Campos, irmão de Eduardo Campos, perdeu em Olinda para Professor Lupercio (PSD).

Fortaleza, Belém e Manaus: reeleições

Roberto Cláudio (PDT) se reelegeu em Fortaleza com 53,6% das intenções de voto, contra 46,4% de Capitão Wagner (PR). Cláudio é afilhado político dos irmãos Ciro e Cid Gomes, do PDT, que ontem o acompanharam até a cabine de votação. Em Manaus, Artur Neto (PSDB) foi reeleito com 56,04% dos votos válidos, contra 43,96% de Marcelo Ramos (PR), e governará a cidade pela terceira vez (a primeira foi em 1988). Em Belém, os tucanos também saíram vitoriosos, com Zenaldo Coutinho reeleito com 52,24% dos votos contra 47,76% do ex-prefeito Edmilson Rodrigues (PSOL).

Maior terremoto em 36 anos na Itália

A região central da Itália foi atingida por um forte terremoto de 6,6 graus de magnitude ente domingo, que derrubou casas em vilarejos já atingidos por tremores nos últimos meses. O epicentro foi próximo à cidade de Nórcia. O número de desabrigados pode chegar a 100.000. O número de vítimas ainda não foi confirmado pelo governo. O tremor foi sentido em Roma, que chegou a fechar seu sistema de metrô. Em 1980, um terremoto de 6,9 graus deixou quase 3.000 mortos na região de Nápoles.

Hillary na frente

Pelo menos 21 milhões de americanos já foram às urnas em um intenso movimento de votação antecipada no país – as eleições estão marcadas para o dia 8. Em estados que podem decidir a disputa, como Flórida, Colorado e Nevada, cerca de um quarto do eleitores já votaram. Esses números, na visão de analistas, podem favorecer a democrata Hillary Clinton, já que são votos computados antes de o FBI revelar, na sexta-feira, que reabriu as investigações sobre o uso de um servidor privado de email em sua passagem pelo governo Obama.

Maduro “estende a mão”

O presidente venezuelano Nicolás Maduro se reuniu com a oposição na noite de domingo, num museu de Caracas, em um encontro intermediado pelo Vaticano. Maduro afirmou que assumia um compromisso com o diálogo e que “estendo a mão à MUD para dialogar”. A MUD é a Mesa da Unidade Democrática, um dos quatro grupo de oposição presentes, juntos com Acción Democrática, Primero Justicia e Un Nuevo Tiempo. “O fato de estarmos aqui é um momento muito positivo, mas é preciso mirar longe”, afirmou o italiano Claudio María Celli, representante do Vaticano.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s