PF investiga desvio nos fundos de pensão Petros e Postalis

Rio de Janeiro – O Ministério Público Federal e a Polícia Federal deflagaram operação nesta sexta-feira para investigar suspeita de desvio de recursos dos fundos de pensão Petros, da Petrobras, e Postalis, dos Correios, informou o MPF no Rio de Janeiro em comunicado.

As investigações descobriram que dinheiro captado com a emissão de debêntures pelo Grupo Galileo, no valor de 100 milhões de reais, para a recuperação da recém-adquirida Universidade Gama Filho, teria sido ilegalmente desviado para outros fins, em especial para contas bancárias dos investigados, de acordo com as autoridades.

Os fundos de pensão Postalis e Petros foram prejudicados porque adquiriram em 2011 as debêntures do Grupo Galileo confiando na recuperação da Gama Filho, afirmou o MPF.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s