PM prende quatro jovens em protesto contra Temer na Paulista

A Polícia Militar também jogou gás de pimenta em jornalistas que acompanhavam o ato

São Paulo – Em um princípio de tumulto, a Polícia Militar prendeu há pouco quatro jovens durante manifestação na Avenida Paulista contra o presidente Michel Temer e a favor de novas eleições. Na mochila de um deles os policiais encontraram um soco inglês e uma faca de cozinha. Danilo Camargo, advogado do PT, foi atingido por um cassetete no estômago enquanto acompanhava a detenção dos estudantes. A Polícia Militar jogou gás de pimenta em jornalistas que acompanhavam o ato.

A estudante Laís Lilandra Andrade disse que há menores de idade entre os apreendidos, que foram levados para o 78 DP. “Só pelo fato de estarmos com uma máscara no rosto nos agrediram sem justificativa”, disse ela.

O ex-senador Eduardo Suplicy, que também participa da manifestação, contou ter entregue uma carta na casa do presidente Michel Temer, no bairro de Alto de Pinheiros, pedindo que a população seja ouvida no dia das eleições municipais sobre se quer ou não que Temer fique no cargo até 2018. Se a resposta for não, ele defende que sejam convocadas eleições diretas para dezembro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s