Protesto em SP tem menos participantes do que anteriores

"A gente já esperava que a manutenção de hoje tivesse menos gente", disse Rogério Chequer, porta voz do Vem Pra Rua, um dos organizadores do protesto

São Paulo – A manifestação deste domingo contra a presidente Dilma Rousseff começou por volta das 13h em São Paulo. Até as 14h, o número de pessoas era visivelmente menor do que nas manifestações anteriores na Avenida Paulista.

“A gente já esperava que a manutenção de hoje tivesse menos gente, já que tivemos só dez dias para organizar”, diz Rogério Chequer, porta voz do Vem Pra Rua, um dos organizadores do protesto.

“Michel Temer não me agrada, mas é o que está previsto na Constituição. O melhor cenário é a cassação da chapa pelo Tribunal Superior Eleitoral”, diz Charles Putz, professor de administração da Fundação Getulio Vargas e membro do Vem Pra Rua. Ele discursou com o corpo pintado de verde e amarelo.

Uma das novidades desta manifestação foi a participação da Fiesp, que levou para a Avenida Paulista uma orquestra, um pato inflável amarelo gigante, símbolo da campanha contra o aumento de impostos e distribui bexigas para protestar contra a intenção de recriar a CPMF.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s