PSDB entrará com ação na Justiça Federal, esclarece Aécio

Aécio anunciou que o partido entrará com ação na Justiça Federal, e não na Procuradoria-Geral da República (PGR), como ele havia afirmado mais cedo

Brasília – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (PSDB-MG), anunciou que o partido vai entrar nesta sexta-feira, 11, com uma ação na Justiça Federal, e não na Procuradoria-Geral da República (PGR), como ele havia afirmado mais cedo, para tentar impedir que a presidente Dilma Rousseff use espaços públicos ou eventos públicos para se defender do processo de impeachment.

“Vamos entrar com uma ação para impedir que a presidente continue usando o Palácio do Planalto para defender-se de acusações que são feitas a ela quanto ao impeachment”, afirmou.

Para Aécio, o impeachment é uma questão pessoal e não de Estado.

Na interpretação do tucano, a presidente não deve discursar ou convocar reuniões relacionadas a sua defesa no processo de impeachment no Palácio do Planalto.

Ele citou como exemplo a reunião realizada na última segunda-feira, 7, entre a presidente e juristas, que assinaram manifesto contra o impeachment. O encontro aconteceu no Palácio do Planalto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s