Reale Jr. diz que “golpe” foi mascarar situação fiscal

Após a fala de Reale, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, fará a defesa da presidente Dilma no plenário da Câmara

Brasília – O jurista Miguel Reale Jr., um dos autores do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, fez ataques contra o governo em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados no início do trâmite de votação do processo na Casa, nesta sexta-feira, afirmando que houve um “golpe” quando o governo mascarou a situação fiscal do país.

“Quero lhes dizer que golpe sim houve quando se sonegou a revelação de que o país estava quebrado. Golpe sim houve quando se mascarou a situação fiscal do país e continuaram a fazer imensos gastos públicos e tiveram que se valer de entidades financeiras controladas pela própria União para mascarar a situação da nação brasileira e do Tesouro Nacional”, afirmou, fazendo referência às chamadas “pedaladas fiscais” que embasam o pedido de impedimento.

Após a fala de Reale, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, fará a defesa da presidente Dilma no plenário da Câmara.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s